Como livrar seus alunos do bullying e aumentar a autoconfiança

5 (100%) 1 vote

Xingamentos, socos, pontapés e aquele prazer em machucar tanto fisicamente como emocionalmente, faz parte da vida de quem causa Bullying e principalmente de quem vive constantemente os abusos.

No Brasil os casos crescem a cada ano e é preciso parar esse crescimento não só aqui mas como em todo planeta. Brincar, “tirar sarro” dos amigos mas de forma amigável e que o outro participa bem da situação é normal, mas quando isso vira um problema que pode até virar caso de polícia, a brincadeira já passou de todos os limites.

O que fazer para se livrar seus alunos do Bullying? Se você é um agressor, o que fazer para parar com essas atitudes? Como aumentar a autoconfiança das crianças e jovens que passam por essas situações diariamente? Se você é professor e quer aprender como se livrar do problema do bullying na sua sala de aulas leia artigo esclarecedor agora!

A vítima deve evitar os lugares onde o agressor frequenta

Seja na rua, na escola, no trabalho, evite ao máximo os locais onde o agressor de Bullying costuma passar e frequentar. Se vê-lo em determinado lugar, dê meia volta e mude o percurso, se ficou sabendo que ele estará em um lugar que você está indo, se possível cancele a ida e se preserve.

Porém nem sempre será possível agir assim, as vezes simplesmente evita-lo poderá ser algo ruim que te obrigará a viver preso em não poder estar onde quer por causa dessa pessoa. Se puder evitar é melhor, mas caso não, siga as próximas dicas.

Ignorar as investidas

Assim que te ver ele dará um jeito de te humilhar, investindo insultos e até mexendo fisicamente com você com empurrões por exemplo para te ´´tirar do sério“. Ignore, faça de conta que não é com você e procure demonstrar indiferença. É possível que com o tempo ele deixe de te atazanar.

Demonstre maturidade e não reaja da mesma forma que o agressor

Todo agressor que faz Bullying, na verdade quer que o agredido se sinta humilhado ao ponto de reagir, e o melhor a se fazer é procurar manter a calma e evitar qualquer tipo de reação violenta, pois além de fortalecer quem agride, incentivando que ele continue com seus insultos, ainda parte para agressão física, o que não deve ser tolerado jamais.

Se o agressor dizer que você é fraco, diga que as vezes você é mesmo e que vai se alimentar melhor; se disser que não gosta de você, apenas diga que é normal por que ninguém é obrigado a gostar de ninguém, enfim, essa técnica é uma forma e reagir ao Bullying que deixa o agressor confuso e ele percebe que não está conseguindo atingir seu objetivo de intimidá-lo, então demonstre maturidade que o agressor não terá força para continuar.

Haja ao contrário do agressor tratando-o com respeito e bondade

como acabar com o bullying

Pode parecer complicado pensar em tratar alguém com bondade, quando esta pessoa age com maldade, porém é uma das melhores alternativas a ser seguida. Quando vê-lo triste, dar uma palavra de ânimo, quando ele precisar de ajuda, oferecer sua mão.

É bem complicado esse processo, pois não é nada fácil perdoar e tratar bem quem nos ofende, porém lembre-se que só podemos dar aos outros o que temos, então dê o seu melhor que é o respeito ao próximo e a bondade e isso irá desestimular e até mudar a visão do agressor em relação a você.

Aos agressores: mude suas atitudes

Para quem agride gratuitamente aqueles que julga serem inferiores, por favor, mude suas atitudes e seja uma pessoa melhor! Não é humilhando, rebaixando e agredindo fisicamente que você irá provar que é bom, só confirmará que é alguém desprezível! Ao mudar suas atitudes, perceberá que o melhor é viver em paz com as pessoas e poderá encontrar naquele que agride um amigo verdadeiro e fiel. Pense nisso!

Releve as ofensas e não deixe elas te intimidarem

Existem ofensas que são bem complicadas, pois mexem com nossa moral e aquilo que não somos, fazendo com que nos sintamos inferiores e trazendo tristeza e apatia. Seja qual for a fofoca que o agressor tem espalhado e as coisas que ele tem te chamado, releve essas ofensas e não deixe que elas te intimidem e muito menos te chateiem ao ponto de tirar seu foco. Valorize-se e ignore tais calúnias.

Exercite sua paciência e não revide

Ninguém é de ferro ou tem sangue de barata como dizem por aí, pois uma hora podemos não suportar mais e partir para violência, assim como o agressor provoca diariamente. Ainda que ele seja insistente e ofenda ao máximo da sua paciência não revide. Exercite sua paciência, respire fundo e não deixe jamais que isso te leve a se igualar ao agressor. Seja melhor que ele praticando a inteligência emocional.

Aprenda mais sobre o bullying

O Bullying se tornou um problema sério em nossa sociedade, e é preciso que as crianças e jovens cresçam fortes emocionalmente para lidar com essas situações e haja mudanças reais no tratamento de uns para com os outros. Na internet você encontra curso sobre Bullying e poderá entender melhor como isso funciona principalmente as formas de combate a esse problema.

Veja mais artigos do nosso site aqui.