O mínimo pra se tornar uma pessoa mais inteligente | Oi Seiiti Arata 34

Rate this post

Oi! Seiiti Arata Então você quer se tornar uma pessoa mais inteligente

Excelente, ótima escolha! Pra isso é necessário modificar o cérebro e isso envolve neuroplasticidade (que é a mudança de como respondemos a estímulos) e neurogênese (produção de novos neurônios) Mas antes disso tem dois outros elementos que são o mínimo necessário pra aumentar a nossa inteligência: crença e desejo Pra nossa conversa de hoje é indispensável que você tenha visto o nosso episódio 31 – antes de continuar este vídeo, reveja primeiro o vídeo “Você é burro ou inteligente?”, visitando o link redirecionador aratase/oi31 Pronto? Ótimo No episódio 31 da nossa série Oi Seiiti Arata nós vimos os dois grandes modelos para entendermos a natureza da inteligência

Ou a inteligência é estática ou dinâmica 1 Diferenças práticas entre acreditar que a inteligência é estática ou dinâmica Se a inteligência for estática, fixa, eu nasci burro e vou morrer burro, não dá pra mudar Pedir pra uma pessoa burra se tornar inteligente seria semelhante a eu falar pra uma pessoa alta tentar se tornar uma pessoa baixa

Não seria possível, pois a altura de um adulto é uma característica fixa Quando eu entendo a inteligência como uma característica dinâmica, daí as coisas mudam Em vez de pensar que o Zezinho é inteligente e o Huguinho é burro, Eu vejo que em algumas dimensões o Zezinho possui uma melhor qualificação Ele teve um melhor treinamento, tem mais experiência A vantagem de entendermos a inteligência como algo dinâmico é que a conclusão lógica é que nós temos a capacidade de melhorar, de crescer, de ter aperfeiçoamento

Por isso o vídeo “o mínimo necessário pra se tornar uma pessoa mais inteligente” é uma promessa que podemos cumprir: existem SIM melhores escolhas para que a gente aumente a nossa inteligência 2 Crença e desejo E mínima para alcançar qualquer resultado na vida está em dois elementos: CRENÇA e DESEJO Isso é o mínimo

Por que? Se eu não acredito que é possível, meu desejo não será pleno Por isso a inteligência dinâmica é valiosa: ela é o modelo cognitivo que me permite desabrochar o desejo pleno de me tornar mais inteligente: tem que querer! 3 O desejo deve ser pleno Mas não é querer de qualquer jeito Querer todo mundo quer – tá cheio de gente falando da boca pra fora que quer isso, quer aquilo mas na hora de botar a mão na massa fica cheio de desculpa

Tem que existir um desejo ardente, uma intenção poderosa a ponto de ser algo que motiva a gente desde a hora de acordar até a hora de dormir Isso é desejo de verdade pois é ele que vai me fazer realizar as ações necessárias pra colher o resultado O desejo se torna pleno quando eu tenho clareza sobre o que está por trás Qual é a importância de se tornar mais inteligente? Qual é a vantagem? Que necessidades minhas estarão sendo preenchidas? Sabe, quando olhamos para uma pessoa ignorante de tudo e nos perguntamos “por que você não estuda? Por que não pega um livro em vez de ficar desperdiçando seu tempo com besteira?” a resposta é muito simples: este indivíduo diante de nós simplesmente não vê benefício suficiente que o motive a ir atrás de aperfeiçoamento A ele falta DESEJO

Ou, infelizmente, em alguns casos, ele criou a crença limitante do modelo estático de que ele é burro e não consegue mudar 3 Para um desejo intenso é necessário ter clareza sobre a motivação Então agora eu pergunto pra você compartilhar a sua resposta nos comentários: – Qual é a vantagem de se tornar uma pessoa mais inteligente? Mais esclarecida? Mais competente, diversificando o leque de habilidades, de conhecimento? Aprofundando sua expertise? Sem essa clareza, simplesmente não teremos a motivação O mínimo necessário pra irmos atrás dos nossos objetivos é i) acreditar que é possível e ii) querer de verdade

Pra quem quer dicas mais específicas que vão além desse mínimo, se você clicar em assinar o canal youtube da Arata Academy na semana que vem você já recebe o nosso próximo vídeo em que vamos continuar reforçando a importância da educação e só depois é que teremos as técnicas mais específicas para estudar A base tem que vir primeiro Além de acreditar que é possível e desejar intensamente o aperfeiçoamento, vale a pena entender como o seu cérebro funciona na hora de algum aprendizado – por isso mencionei no começo os conceitos de neuroplasticidade e neurogênese Basicamente, eu preciso de estímulos para que o cérebro se desenvolva Os estímulos acontecem com repetição

É realizando múltiplas vezes a leitura, exercícios, treino, simulados, me expressando em diferentes formas que eu consigo ativar diferentes regiões do cérebro, controlo minha vontade, estimulo minha memória e minhas capacidades cognitivas Tudo é questão de treino Logicamente existem treinos eficientes e treinos ineficientes E da mesma forma existe também a motivação eficiente e a ineficiente É ineficiente depender de motivação extrínseca do tipo “tenho que passar na prova, tenho que tirar nota boa”

É mais poderoso contar com a motivação intrínseca, aquela que vem de dentro, eu vou melhorar meu aprendizado porque eu me sinto bem dominando o assunto, compreendendo as coisas Pra você que deseja aprender mais rápido, o convite que eu faço é visitar o link http://aratase/comoaprender