O que é e para que serve o e-commerce

5 (100%) 1 vote[s]

As vendas de produtos, em praticamente todos os segmentos, vêm crescendo cada vez mais em todos os países do mundo, e portanto, vem facilitando a vida de consumidores ao redor do mundo.

Desta forma, ocorre por meio do e-commerce que é uma forma de fazer compras na Internet. Este tipo de consumo, que é comum nos dias de hoje, algumas pessoas também não sabem o que é e para que serve o e-commerce.

Neste artigo, vamos ver com mais detalhes e como funciona uma loja virtual. Se você busca mais informações sobre comércio virtual, recomendamos a leitura do Ecommerce do Zero.

Afinal, o que é o E-commerce

Ecommerce - A forma moderna de desenvolver seu negócio

Literalmente, o termo e-commerce significa comercio eletrônico.

Um tipo de comércio no qual todas as transações financeiras são realizadas em plataformas eletrônicas por meio de dos dispositivos que possuem conexão com a Internet.

O comércio virtual foi criado nos Estados Unidos na década de 90, no momento em que a empresa famosa no ramo de massas, fez seu primeiro setor para organizar pedidos pela Internet. No nosso país, foram necessários alguns anos para que este tipo de comércio chegasse para nossa comodidade.

Como funciona o e-commerce

Com o mudar dos anos mais termos estão definindo o e-commerce, por exemplo, empresa virtual, comércio eletrônico e empresa na internet. O que nada mais é que um site que vende produtos físicos ou serviços por meio da internet.

O e-commerce funciona da maneira em que o cliente acessa sua empresa por qualquer aparelho como computadores, smartphone e etc, a qualquer hora e realizar a compra de um produto, logo após a escolha ele faz o pagamento por cartão de débito ou crédito, boleto bancário e em alguns casos via deposito, também ao longo o processamento de compra ele possui informações sobre o tempo de entrega de entrega do produto.

No entanto, para ter sucesso com o comércio eletrônico, é fundamental proporcionar aos clientes funcionalidades que garantam segurança e uma navegabilidade possível para que o cliente retorne para sua empresa.

Na época das mídias sociais, qualquer ação pode gerar oportunidades e prejuízos imensos, quando expostas por usuários na rede.

Agora que você sabe o que é e com que objetivo serve o e-commerce observe como fazer um.

Como fazer um E-commerce

Como qualquer outra empresa, envolve etapas, no entanto a obra de um comércio virtual segue processos mais complexos observe embaixo.

Domínio

Inicialmente para fazer uma loja virtual, você necessita registrar um domínio, que nada mais é que a forma que seus clientes irão localizar sua loja. Por exemplo, universitychatline.com.

O registo precisa ser o nome da sua empresa e para gravar em um registrador.

Plataforma

A plataforma de comércio virtual é bastante fundamental, uma vez que ela é à base da sua empresa virtual e ela necessita complementar todas as suas necessidades, porém como você também está iniciando na área é indicado adotar uma programa flexível que permita ser modificada constantemente que você necessitar.

Sistema de pagamento

O sistema de pagamento é quem faz toda a mediação de pagamento do dinheiro entre o cliente do produto e a empresa. Nos dias de hoje, as lojas virtuais são capazes de montar com 3 tipos distintos de sistemas são eles: formas de pagamento, intermediadores de pagamento e globalização direta com adquirente.

Sistema antifraude

Isto é realmente importante.

Em uma loja virtual, o sistema antifraude é fundamental para garantir que a sua empresa não irá sentir ataques de pessoas mal intencionadas, por exemplo, antifraude pode identificar no momento em que o cartão de crédito foi furtado e dessa maneira não libera a compra do produto. Sem esse sistema a sua empresa corre o perigo de não obter o dinheiro e também ficar sem a produto.

Sistema de segurança

O seu e-commerce precisa proporcionar segurança para os clientes, uma vez que eles se preocupam muito com seus dados de cartão de influência, domicílio e etc.

SSL

Secure Socket Layer funciona na proteção de todos os dados dos seus clientes no momento em que eles preenchem todo o formulário de pagamento ou qualquer outro cadastro realizado dentro do seu site.

Esse sistema SSL pode dificultar que os invasores roubem as informações cadastrais dos seus clientes.

A receita das lojas virtuais no Brasil cresceram mais 18% em semelhança ao desenvolvimento do ano, e estima-se que o receita pode alcançar a R$ 56,8 bilhões de reais de acordo com ABComm.