O que meus livros ensinam: Pais inteligentes enriquecem seus filhos

Rate this post

Gustavo Cerbasi em mais um vídeo da séries de resenhas sobre os livros que eu publiquei para transformar a sua vida financeira Hoje eu quero falar sobre o 3º livro que eu publiquei na minha vida, um livro que na verdade é um 2 em 1

Como eu havia falado nos vídeos anteriores, quando eu escrevi o primeiro livro, “Dinheiro, os segredos de quem tem”, eu tentei fazer um manual que fosse suficiente para transformar a vida das pessoas, só que dúvidas do “Dinheiro, os segredos de quem tem” resultaram no “Casais inteligentes enriquecem juntos”, meu livro mais vendido “Casais inteligentes enriquecem juntos” tem um pequeno capítulo sobre como lidar com dinheiro em famílias maiores, famílias que têm filhos, como discutir o assunto com dinheiro e muitos leitores do “Casais inteligentes enriquecem juntos” lá no começo diziam: “Gustavo, esse livro é muito bom, mas que pena que o capítulo sobre filhos é tão pequeno, você não conseguiria escrever um capítulo maior ou trabalhar mais esse livro ou quem sabe fazer um livro sobre esse assunto?” Nasceu assim, lá atrás, um livro chamado “Filhos inteligentes enriquecem sozinhos” Por que esse título? Porque a ideia era propor aos pais que educassem seus filhos para que eles não dependessem da riqueza dos seus pais, não fossem filhos mimados, presenteados, filhos que contassem com um apartamento no casamento, com um carro quando passar na faculdade, mas filhos que fossem capazes de correr atrás daquilo que fosse necessário usar o dinheiro, algum tipo de planejamento para ser adquirido “Filhos inteligentes enriquecem sozinhos” fez um bom sucesso por um bom tempo, mas no meio do caminho, em uma mudança de editora, da editora Gente para a editora Sextante, nós fizemos um trabalho diferente com o livro, mudamos completamente a maneira de trabalhar o assunto, a linguagem um pouco mais leve, um pouco mais palatável para o público, e até para que o público entendesse melhor qual fosse o recado, foi alterado o título para “Pais inteligentes enriquecem seus filhos” “Filhos inteligentes enriquecem sozinhos” não é mais publicado no Brasil, ele é publicado em Portugal com esse título

O propósito do livro é o mesmo, mas a leitura ficou muito mais leve, muito mais fluida, com uma série de aplicações muito mais eficazes, até porque quando eu escrevi “Filhos inteligentes enriquecem sozinhos”, eu ainda não tinha os meus filhos e aqui já vem uma maturidade do escritor, na época que ele foi publicado já com 2 filhos, com uma série de orientações que tinham a ver com paternidade, transformando bastante a maneira de tratar o assunto Diferenciais desse livro: “Pais inteligentes enriquecem seus filhos” que nasceu como “Filhos inteligentes enriquecem sozinhos” foi um livro trabalhado para ser utilizado por pais, mães, educadores e todos aqueles que de alguma maneira influenciam a vida dos pequenos: avós, padrinhos, parentes que são responsáveis pela guarda, pelo cuidado, babás, pessoas que querem aproveitar a diversão do dia a dia, os momentos de educação, os momentos de diversão da família ou até de convívio para transmitir lições que transformarão radicalmente para melhor o comportamento dessas crianças O que eu quero dizer com radicalmente para melhor? Lições que sejam muito diferentes daquelas lições que conduziram a nossa sociedade brasileira e boa parte das sociedade pelo mundo, em sociedades muito afetas ao consumo, dependentes de recompensa rápida, sociedades que as pessoas não souberam construir um futuro melhor com escolhas simples do dia a dia com um pouco mais de equilíbrio e sustentabilidade O conceito de “Pais inteligentes enriquecem seus filhos” é transmitir uma educação que tem a ver com momentos de convívio Eu não quero convidar os pais para um dia em que se senta, põe a criança no colo e puxa aquela conversa como um sermão: “Filho, hoje nós vamos falar sobre dinheiro, hoje nós vamos ter um assunto sério, duro, importante para você, presta a atenção

” Nada disso Eu faço com que os pais aproveitem momentos de diversão, de brincadeira, de envolvimento, de vontade das crianças para que elas desenvolvam expectativas e maneiras de pensar que sejam muito mais saudáveis, por exemplo: Crianças de 4-5 anos, aquela idade em que o carinho, o amor pelos pais é extremamente intenso, são crianças que querem ser como os adultos, meninas que põe salto alto para ficar igual a mãe, meninos que querem estar com o pai o tempo todo, crianças que estão querendo participar da compra do mercado, do processo de pagamento na loja Todas as situações em que o radar das crianças está extremamente ligado para essas atividades envolvendo dinheiro, envolvendo escolhas, são situações em que os pais com pequenos gestos, e poucas palavras com pequenas insinuações, vão transmitir ensinamentos poderosos, aproveitar isso requer um certo preparo, requer consciência, requer um pouquinho de teatralidade, como que você faz o seu planejamento em família, como você conversa isso em família, como que você coloca para os seus filhos que o momento é um momento importante de separar contas e organizar os gastos, eles entendem que são feitas escolhas, eles entendem que para comprar algo, terá que se abrir mão de outra coisa? Esse tipo de reflexão discute-se com muita profundidade, com muita propriedade em “Pais inteligentes enriquecem seus filhos” até porque o texto foi criticado, avaliado, melhorado com ajuda de pedagogos e profissionais da educação também

Leitura para todos aqueles que têm, que estão pensando em ter filhos, para aqueles que têm crianças na família e que querem de alguma maneira contribuir para a educação, para a formação dessas crianças para um futuro muito mais rico Apenas crianças? Não, somos crianças até deixar de viver, até o fim da vida Seus filhos estão crescendo, faltou uma comunicação? De repente, aqui vem o convite, uma conversa adequada para se falar de herança, de patrimônio, de escolhas na vida, do momento de sair de casa O importante é que seus filhos enriqueçam sozinhos Pais inteligentes saberão fazer isso Boa leitura a todos, bom aproveitamento do livro, boa educação dos seus filhos